"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
15/06/2016
Ricos sejam bem-vindos. Francisco os acolhe de braços abertos
 

Ricos sejam bem-vindos. Francisco os acolhe de braços abertos

Ele recebe presentes caros. Nome por nome, todos os magnatas das finanças e da tecnocracia ao qual o Papa recebeu em audiência este ano

http://cdn.mg.co.za/crop/content/images/2013/02/14/Bill_Gates_and_Carlos_Slim_(AFP).jpg/1280x720/

por Sandro Magister

ROMA, 11 de março de 2016 - O papa Francis é implacável contra os milionários que privam o pobre Lázaro, contra o que ele chama de "economia que mata."

No entanto, os homens mais ricos do mundo das finanças e os superpoderosos se apressam para serem recebidos por ele. E ele não só os recebe de braços abertos, mas cobre-os com louvor.

O último a se beneficiar da valorização do papa foi Christine Lagarde, recebida no Vaticano em 18 de janeiro, novamente confirmado em fevereiro, a chefe do Fundo Monetário Internacional, e no início de março foi elogiada por Francis como "uma mulher inteligente que afirma que o dinheiro deve estar a serviço da humanidade e não o contrário ",diante de um grupo de atordoados socialistas católicos franceses.

http://images.cdn.impresa.pt/sicnot/2014-12-10-AP139780129845.jpg?v=w960

No início de seu pontificado Jorge Mario Bergoglio havia surpreendido a todos ao pregar uma Igreja "pobre e para os pobres" e, ao mesmo tempo chamando para consulta no Vaticano o fabricante mais famoso e caro do mundo de sistemas organizacionais e financeiros, da McKinsey para Ernst & Young, o Promontório da KPMG.

Mas agora a música mudou. Já não são os cofres do Vaticano que pagam as contas dessas empresas, são os grandes empresários que querem audiência com o Papa para providenciar doações de luxo.

Há aqueles que não dizem que fazem tais doações. Em 22 de janeiro Tim Cook, o executivo-chefe da Apple, não fez segredo de que ele tinha colocado nas mãos de Francis uma quantia  (ver foto), durante a audiência como outras que teve lugar não na residência de Santa Marta, mas na biblioteca papal solene do Palácio Apostólico.

http://data.kataweb.it/kpmimages/kpm3/misc/chiesa/2016/03/11/jpg_1351252.jpg

Em 28 de Janeiro Leonardo DiCaprio fez o mesmo. Durante a filmagem do encontro foi visto entregando ao papa um envelope com um cheque "para obras de caridade vizinhos ao seu coração." Ao invés de como um ator de cinema, DiCaprio obteve audiência como titular de uma fundação contra o aquecimento global, em nome do qual ele falou alguns dias antes no Fórum Econômico Mundial em Davos, recebendo um prêmio.

http://www.profresiduo.com/painel/img/galeria/1426/sem-titulo-1454108183.png

Também no Fórum de Davos o Papa Francis tinha feito ouvir a sua voz com uma mensagem em defesa da criação e desenvolvimento do homem "integral". E como aconteceu com muitos outros, deu a DiCaprio uma cópia de sua encíclica "Louvado sejas '."

Natureza e tecnocracia, isto é a combinação vencedora. Sete dias antes da audiência com Tim Cook da Apple, Bergoglio recebeu o número um do Google, Eric Schmidt, acompanhado pelo chefe da Google idéias, Jared Cohen, novamente com a sua fundação envolvida na linha de frente da pobreza, energia e ambiente, cujo imperativo é "não seja mau", não seja malvado!

http://ansabrasil.com.br/webimages/al_news_476x/2016/1/15/a8b9e5a31719130e639d2d429fbfe44d.jpg

https://i.ytimg.com/vi/0oCyh9Yk1Kc/maxresdefault.jpg

E no final de fevereiro, ele recebeu Kevin Systrom, fundador e CEO do Instagram, a rede social de fotografia com ativos de 400 milhões de usuários em todo o mundo. Também em fevereiro, o Papa Francis também se reuniu com uma delegação do World Wildlife Fund for Nature, liderado pela Presidente Mundial Yolanda Kakabadse.

http://f.i.uol.com.br/folha/mundo/images/16075289.jpeg

http://d2ouvy59p0dg6k.cloudfront.net/img/original/pope_and_wwf.jpg

Mas, neste contexto, o maior golpe foi o show "son et lumière" mostrado na noite de 8 de Dezembro, o dia do Jubileu da misericórdia de abertura, na fachada e cúpula da Basílica de São Pedro, um espetáculo muito discutido, um hino à natureza sem o menor aceno para o Criador, e também muito caro, mas inteiramente oferecido ao papa pelo Banco Mundial, a fundação Okeanos e co-fundador Vulcan Inc. da Microsoft Paul Allen.

http://4.bp.blogspot.com/-3SQLYQ0pQCw/Vm3nS-B8srI/AAAAAAAABfE/692Z3-Yu8lI/s1600/vaticano-iluminado-clima-5-800.jpg

E pouquíssimos perceberam que Francis recebue em audiência Bill Gates o número um absoluto da Microsoft, o homem mais rico do mundo segundo a Forbes. No encontro estavam um grupo de cardeais africanos, que lembraram ao papa que a Fundação Bill & Melinda é muito ativo na promoção do aborto nos países pobres.

Nenhuma objeção para o segundo do ranking pela Forbes, o magnata mexicano das telecomunicações Carlos Slim. Os custos para a radiodifusão e os centros de viagem de Francis para o México em fevereiro passado foram cobertos inteiramente por ele.

Fonte:http://chiesa.espresso.repubblica.it/articolo/1351250

 
 
 

Artigo Visto: 1404 - Impresso: 16 - Enviado: 14

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 4.308.360 - Visitas Únicas Hoje: 160 Usuários Online: 136