"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
12/05/2016
Estudo mostra que a admiração global pelo Papa Francisco está em acentuado declínio.
 

Estudo mostra que a admiração global pelo Papa Francisco está em acentuado declínio.

Após três anos de seu papado, um estudo recente demonstra que a admiração global pelo Papa Francisco está em acentuado declínio.

https://s.yimg.com/ny/api/res/1.2/cswenLVLmpt94hX6ZmvzcQ--/YXBwaWQ9aGlnaGxhbmRlcjtzbT0xO3c9NjMwO2g9NDY0O2lsPXBsYW5l/http://l.yimg.com/os/publish-images/news/2014-03-12/3837d970-aa1b-11e3-8357-3518ddcdf73b_1.jpg

Por Crux | Tradução: FratresInUnum.com

O pontífice caiu sete posições em 2016, seis abaixo entre os 13 homens mais admirados mundialmente, uma queda recorde para qualquer um que esteve na lista do ano passado, e que agora já não é mais nem o mais admirado líder espiritual do planeta (o Dali Lama) e nem sequer o argentino mais admirado (astro do futebol Lionel Messi).

No entanto, o Papa Francisco permanece como o homem mais admirado nos Estados Unidos depois do presidente Barack Obama.

Isso de acordo com um estudo lançado pela YouGov, uma empresa de pesquisa de mercado baseada na rede internacional da Internet com sede na Inglaterra, a qual classifica os 20 homens e mulheres mais admirados do mundo separadamente.

Ainda de acordo com o YouGov, a queda do papa pode ser explicada pelas expectativas de reforma que distanciava Francisco de seus predecessores. Expectativas que se apagaram na medida em que o pontífice argentino foi se tornando cada vez mais “institucionalizado”.

Segundo o estudo, tanto o bilionário americano Bill Gates como o presidente russo, Vladimir Putin têm números melhores do que o pontífice.

A pesquisa sobre “os mais admirados do mundo” de 2016, conduzida em 30 países, coloca Bill Gates em primeiro lugar, o presidente dos EUA, Barack Obama em segundo e Putin em sexto entre os 20 homens mais admirados.

No lado das mulheres, Angelina Jolie lidera o gráfico, seguida pela Rainha Elizabeth II, Hillary Clinton, Oprah, Michelle Obama e Celine Dion.

Entre os homens americanos, o candidato republicano à presidência Donald Trump, terminou em 18º, enquanto o senador pelo Estado de Vermont, Bernie Sanders, que está disputando  as primárias democratas ainda em curso com Hillary Clinton, fecha a lista.

A líder do partido Frente Nacional francesa de extrema-direita, Marine Le Pen, também conseguiu entrar na lista das 20 mulheres mais admiradas do mundo.

Ao todo, YouGov conduziu entrevistas em países que constituem cerca de dois terços da população do mundo. A lista dos 30 inclui nações como a China, Índia e Paquistão, onde os cristãos representam menos de três por cento do total da  população.

Ao dividir os resultados por países, a pesquisa mostra que Francisco na China ocupa o 17º lugar , na Índia ele ocupa o último lugar, enquanto no Paquistão ele não está nem mesmo entre os  20, chegando ao número 25.

Um resultado surpreendente é o Brasil, o país com o maior número de católicos no mundo, os quais representam 85% da população [sic], e uma nação que Francisco visitou em 2013. Lá, ele ocupa apenas a vigésima posição, o que significa que teve uma performance melhor até mesmo na Rússia (19), um país Ortodoxo onde os Católicos representam apenas 0,6 da população total.

Uma situação similar ocorre no México, onde os Católicos chegam a compor 90% da população, e Francisco ficou apenas em nono lugar, enquanto o Dalai Lama lidera o gráfico.

O único país onde Francisco encabeçou a lista foi as Filipinas, outro país onde os católicos representam uma esmagadora maioria (82%), e onde a fé e prática católica permanece prevalente.

De acordo com o instituto de pesquisas, uma vez que a pesquisa é baseada na Internet, algumas partes do mundo foram melhor representadas que outras. YouGov diz que aumentou o impacto de certos países sobre a pontuação final e minimizou em outros para que  as pontuações possam refletir com precisão a desagregação do sentimento em  todo o mundo.

Fonte:https://fratresinunum.com/2016/05/12/estudo-mostra-que-a-admiracao-global-pelo-papa-francisco-esta-em-acentuado-declinio/

 
 
 

Artigo Visto: 1565 - Impresso: 28 - Enviado: 11

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 4.294.691 - Visitas Únicas Hoje: 67 Usuários Online: 139