"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
19/07/2019
Novo ataque LGBT a Igreja Católica - Coroação de Nossa Senhora das travestis na virada cultural de BH
 

Novo ataque LGBT a Igreja Católica - Coroação de Nossa Senhora das travestis na virada cultural de BH

A Virada Cultural de Belo Horizonte, que acontece entre os dias 20 e 21 de julho, terá “atrações” variadas e principalmente, voltadas ao público LGBT. Dentre as apresentações está a coroação de ‘Nossa Senhora das Travestis’, da Academia TransLiterária.

https://tercalivre.com.br/wp-content/uploads/2019/07/Untitled-design-2019-07-18T151451.537-990x557.jpg

por Bruna de Pieri

Segundo a descrição da performance, durante o ato, os integrantes se apresentam de forma ritualística para “SUA Senhora”, Nossa Senhora das Travestis e convidam as pessoas presentes a participarem de uma procissão, onde são distribuídos santinhos com oração à Nossa Senhora das Travestis. Simultaneamente, ocorre apresentação de músicas e paródias.

Veja como deve ser a performance:

Um morador de Belo Horizonte divulgou vídeo indignado com a apresentação “artística” e disse que a Igreja Católica está sendo atacada. O Terça Livre recebeu a gravação:

Durante a 22ª edição da Parada do Orgulho LGBT, que reuniu, no domingo, 14, aproximadamente 250 mil pessoas, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) fez discurso exaltando o movimento LGBT e desprezou quem é contrário ao pensamento: “F****a-se quem pensa ao contrário!”:

Exaltando ainda mais a “diversidade”, a Virada Cultural contará com show de Daniela Mercury, Estação Drag, Mostra de Arte Lésbica, Festa Transa! (pelo nome, já sabemos o que esperar), ocupação Transfeminista e outras atrações “diversificadas”.

Além disso, a peça “Casamentos Urbanos”, irá levantar a reflexão sobre “o quanto o construto social patriarcal impactou a identidade feminina ditando sua posição social. A intervenção se dá com a presença de 5 mulheres vestidas de noivas, que carregam gaiolas ao invés de bouquets, num encontro inusitado, no século XXI”, segundo a descrição.

Vale ressaltar que o evento é realizado com dinheiro público, por meio da Prefeitura de Belo Horizonte, Secretaria Municipal de Cultura e Fundação Municipal de Cultura. Além disso, conta com apoio de diversos parceiros públicos e privados.

Fonte:https://www.tercalivre.com.br/virada-cultural-de-bh-tera-coroacao-de-nossa-senhora-das-travestis/

 
 
 

Artigo Visto: 542 - Impresso: 1 - Enviado: 0

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.719.268 - Visitas Únicas Hoje: 319 Usuários Online: 89