"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
18/07/2013
A Falência de Detroit
 

Detroit pede proteção contra falência, em maior 'concordata' municipal dos EUA

 

Reuters Nick Carey
18/07/201318h11 > Atualizada 18/07/201319h13

 

DETROIT, 18 Jul (Reuters) - A cidade norte-americana de Detroit pediu proteção contra falência (a chamada recuperação judicial no Brasil, antiga concordata) nesta quinta-feira (18), no maior pedido municipal de "concordata" na história dos Estados Unidos, marcando um novo revés para a cidade que foi o coração da indústria automotiva do país.

Em uma carta acompanhando o pedido à Justiça, o governador de Michigan, Rick Snyder, disse que aprovou o pedido do gestor de emergência de Detroit Kevyn Orr de proteção contra falência, afirmando que "é claro que a emergência financeira de Detroit não pode ser resolvida fora de uma concordata, e que essa é a única alternativa razoável disponível".

Snyder, um republicano, apontou Orr em março para lidar com o espiral de dívidas de longo prazo da cidade, que são estimadas em US$ 18,5 bilhões.

Antiga força da produção de veículos dos EUA, Detroit viu sua população cair para 700 mil pessoas, de 1,8 milhão de habitantes em 1950. O governo municipal tem sido envolvido em casos de corrupção por anos.

Em junho, Orr apresentou uma proposta aos credores para que Detroit pagasse centavos de dólar por cada US$ 1 de dívida. O plano encontrou resistência de alguns credores, principalmente dos dois fundos de pensão de Detroit, que recentemente iniciaram ações judiciais questionando a autoridade de Snyder de autorizar o pedido de concordata pelo gestor de emergência.

 

 

Fonte:http://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2013/07/18/detroit-pede-protecao-contra-falencia-em-maior-concordata-municipal-dos-eua.htm

_______________________________________________________________________________________________

 

 A falência de Detroit


A cidade de Detroit, sede das três grandes empresas automobilísticas americanas (General Motors, Ford e Chrysler), apresentou o pedido de falência.

Trata-se do maior pedido alguma vez feito por um município na história americana. O pedido foi apresentado ao juiz federal pelo comissário especial da cidade, Kevyn Orr, que declarou o estado de insolvência da cidade; e foi aprovado pelo governador do Michigan, Rick Snyder.

Depois de meses de tentativas, e apesar da indústria local ter recuperação, chegou a falência. Detroit lutou durante anos apara evitar o colapso financeiro: pediu dinheiro emprestado várias vezes, mas a má gestão não produziu os resultados esperados.

Principal causa? A crise de 2008 e o colapso das industrias.

O que levou ao despovoamento: Detroit chegou a ter quase 2 milhões de habitantes na década de 50, actualmente conta com 714 mil moradores. entre 2000 e 2010. Dezenas de milhares de edifícios vazios e abandonados (78 mil segundo a Reuters) e ruas sem iluminação completam o panorama.

No ano passado, com um acordo assinado pelas autoridades estaduais, esperava-se uma acção para consertar as finanças da cidade, sobretudo consideradas as estimativas que previam uma retoma.

Apesar disso, Moody já tinha rebaixado o rating da Câmara, anunciando a possibilidade dum processo de falência; coisa que começou a concretizar-se no Dezembro passado, com as verificação das finanças locais por parte do Estado do Michigan e colocando a situação nas mãos de um comissário especial.

O deficit orçamental da cidade é estimado em mais de 380 milhões de Dólares (290 milhões de Euros), enquanto o comissário especial estima a dívida de longo prazo em mais de 14 biliões, talvez entre 17 e 20 biliões de Dólares.

Se o pedido de falência for aceite, será efectuada uma selecção dos credores que poderão vir a reaver as dívidas, face aos recursos limitados que a cidade tem para oferecer.

Ipse dixit.

 

Fonte: Corriere della Sera

fonte:
http://informacaoincorrecta.blogspot.com.br/2013/07/a-falencia-de-detroit.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+InformaoIncorrecta+%28Informa%C3%A7%C3%A3o+Incorrecta%29

 
 
 

Artigo Visto: 855 - Impresso: 36 - Enviado: 12

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.719.272 - Visitas Únicas Hoje: 323 Usuários Online: 93