"...Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória.." (Marcos 13)
 
       
 
Documento sem título
 




 
 
08/07/2018
Desesperada maldade
 

Desesperada maldade

https://deusilusao.files.wordpress.com/2011/10/jesus1.jpg

Meu filho, não é novo o assunto que vou te falar esta tarde. Eu já falei sobre ele várias vezes em mensagens anteriores. É sobre a luta que Satanás tem desencadeado contra o homem.

Ao não ser capaz de confrontar a Deus diretamente, ele luta indiretamente ao descarregar sua desesperada maldade (feita de ódio, inveja e ciúme) sobre o homem destinado a preencher as lacunas abertas com sua rebelião contra Deus.

Satanás é chamado o Príncipe das trevas porque sua intenção fundamental é escurecer e ofuscar a luz de Deus nas almas.

Deus é Luz, Satanás é Escuridão.

Deus é Amor, Satanás é Ódio.

Deus é Humildade, Satanás é Orgulho.

A guerra declarada por Satanás ao homem em ódio a Deus assumiu proporções tão vastas e grandiosas em sua horrível realidade que não há comparação na história humana.

A guerra, em geral, é formada por uma cadeia de batalhas. Essa batalha, de uma guerra que continuará até o fim dos tempos, é a maior e mais assustadora. Seu epílogo não está longe, acontecerá através da intervenção direta da Minha Mãe e sua.

Ela irá esmagar a cabeça da serpente novamente. Ela, a humilde Serva do Senhor, por Sua humildade, superou o orgulho e a arrogância, e definitivamente irá derrotá-lo no final dos tempos.

Satanás é trevas e, portanto, ele não vê. Seu orgulho desesperado o impede. No entanto, ele teme a derrota desta batalha, que para ele será uma causa de vergonhosa humilhação, enquanto que para Minha Igreja purificada será a causa de um longo período de paz e assim será para os povos recém-curados dos muitos males daqueles que sofrem hoje.

Por esta razão, Satanás penhorou todas as suas possibilidades e as de suas legiões.

Todos os truques, todas as armadilhas de sua natureza corrompida, mas ricas em inumeráveis dons de poder, inteligência e vontade, são usados em sua tentativa maluca, nascida e amadurecida nele desde o momento de sua rebelião contra Deus.

Destruir-Me, a Mim o Cristo, a Palavra de Deus feita Carne e a Igreja que vem do Meu Coração aberto são a meta desesperadamente desejada e tenazmente perseguida.

Fecham os olhos

Mas a cegueira louca fê-lo cometer inúmeros erros táticos, típicos daqueles de descobrir-se demais.
Um general perspicaz nunca deixa seus inimigos vislumbrar seus planos, sabendo bem que esta é uma imprudência imperdoável. Em vez disso, Satanás deixou a descoberto muitas de suas cartas.

É por isso que Meu Vigário na Terra recentemente pôde dizer que hoje na Igreja há fatos verificados que não podem ser explicados humanamente: neles as intervenções diretas do Príncipe das trevas são evidentes.

No entanto, Bispos, Sacerdotes e quase todos os fiéis não vêem. Não vêem porque fecham os olhos para a Luz, porque têm mentes e corações envoltos em trevas.

Quando Paulo VI disse: "A fumaça do Inferno entrou na Igreja", o que ele quis dizer? O contágio de Satanás entrou na Igreja. O contágio de Satanás é o orgulho, a arrogância.

Repito: Satanás em sua ilusão louca e desesperada se propõe como objetivo principal de apagar da face da terra a Mim, Eterna Palavra de Deus e naturalmente Comigo a Minha Igreja saída do Meu Coração aberto. Quisera aniquilar o Mistério da Encarnação, razão e causa da libertação da humanidade de sua tirania.

Com a queda de Adão e Eva, pensava ter derrotado a Deus, ter assegurado para sempre um completo domínio sobre os filhos da culpa; estava convencido de que ele havia arrebatado, com o engano e com a astúcia, a Deus Criador, Suas criaturas, sujeitando-as ao seu domínio indiscutível, no tempo e na eternidade.

Mas Deus é Amor e, com o unânime concurso da Divina Trindade, foi decretado o Mistério da Salvação: daí o ódio implacável de Satanás contra Deus e contra o homem.

A vitória em suas mãos

Atualmente Satanás, sendo a escuridão não tem a justa visão das coisas, está convencido de que ele tem a vitória em suas mãos, então não sem dramática, horríveis e pavorosas convulsões deixará que sua presa escape, que é a humanidade infectada por seu mal: o orgulho e a presunção.

Esta guerra terá seu epílogo no final dos tempos, mas a guerra é uma cadeia de batalhas, como Eu disse; e a batalha atualmente em ação é a maior, depois da batalha travada por São Miguel e Suas Legiões contra os poderes rebeldes.

Muitas batalhas foram então travadas ao longo dos séculos, mas nenhuma delas é comparável a esta batalha atual em que nações e povos de todo o mundo estão incluídos.

Os filhos de Minha predileção serão, mais do que as outras posições alvejados e feitos alvo de uma feroz perseguição, mas de nada devem temer, na hora da prova Eu estarei com eles.

Eu que Sou a Sabedoria, a Misericórdia, o Amor e a Onipotência saberei como dobrar as manobras escuras e o orgulho louco de Satanás e suas legiões para tirar de tudo isso um triunfo; Minha Igreja purificada.

Ai daqueles, Meu filho, que se recusam a ver! Basta um ato de sincera humildade para permitir que a Luz se infiltre em suas almas.

Tolos e insensatos se persistirem em resistir ao Amor que os quer salvos. Não sabem e não pensam no que estão renunciando? Não sabem e não pensam naquele cujo encontro se dirigem?

Vês nisso, Meu filho, quanta escuridão tem sido feito em Minha Igreja ...

A terra é um lugar de exílio, toda a humanidade está em marcha para a eternidade.

O materialismo

O materialismo, encarnação de Satanás, negando e substituindo-se a Deus, pretende dar aos homens um paraíso aqui na terra, uma felicidade que ela não possui e, portanto, não pode dar.

Trágica mentira, engano inteligente ao qual muitos cristãos, Sacerdotes e até mesmo Bispos se apegaram em nome do progresso, esquecendo o fim da Criação e o da Redenção!

Eis que já não se fala mais dos Novísimos (Livros Santos), do verdadeiro inimigo do homem, do pecado com que se identifica o trabalho de Satanás. Disto são responsáveis não poucos Bispos, muitíssimos Sacerdotes.

Na quase totalidade dos cristãos foram seduzidos por se desviarem da linha reta. Entretanto, cada homem como um indivíduo está em marcha para a Eternidade, ou de alegria eterna ou de condenação eterna.

O homem, presa de Satanás, está no centro de uma luta furiosa de Satanás, desencadeada para arrebatá-lo de Deus que, com um desígnio providencial, enviou à Terra Sua Palavra feita Carne, para libertar o homem e assim devolver-lhe a primitiva grandeza, dignidade e liberdade.

A quem lhe toca guiar a escassez em seu caminho e peregrinação terrena?

A Minha Igreja.

Porém em Minha Igreja o Príncipe das trevas tem trazido terrívelmente seu contágio: arrogância e orgulho, endurecendo mentes e endurecendo corações.

A Igreja é Minha

Mas a Igreja, filho, é Minha!

Ela saiu do Meu Coração Misericordioso e aberto.

Eu quero a Minha Igreja: Una e Santa, Pura e resplandecente da Minha Doutrina e não dividida pelos hereges em oposição ao perene contraste entre eles. E assim será depois da purificação que se aproxima.

Eu tenho triunfado como Eu já te disse, no sofrimento e na dor e assim será também para a Minha Igreja.

Eu conheci horas de escuridão, Eu conheci violência e humilhação de todos os tipos. Eu até gritei:  "Pai, Meu Pai, por que Me abandonaste?" Este clamor elevaram ao Céu muitos dos Meus filhos no auge de Minha Paixão.

Mas pode Deus, que é Amor, abandonar seus filhos a quem amou e ama desde toda a eternidade?

A mulher no parto geme, mas depois se alegra porque deu à luz um filho.

É tempo de o grão lançado na terra se decompor e depois dar muitos frutos.

Está próxima a hora na qual Minha Igreja gemerá na feroz e inédita perseguição para poder renascer Una, Pura, Santa e Imaculada.

Ela será a Mãe dos povos que se reunirão sob suas asas e em paz e justiça, será mestra e uma guia segura para todos os homens de boa vontade.

Aqui está o porquê Eu te digo: é urgente fazer isso em breve. Quero que os Bispos e Sacerdotes se preparem com humildade e em penitência, em oração que deve ser unânime. Não se esqueçam que Minha Ressurreição seguiu Minha Paixão.

Te abençoo Meu filho.

Ofereça-Me os teus sofrimentos, console o Meu Coração trespassado pela dureza e insensibilidade dos Meus remidos, dos Meus ministros e daqueles a quem tenho chamado e amado como irmãos e amigos.

(Mensagem de Jesus de 02 de novembro de 1975)

Do livro "Confidências de Jesus a um Sacerdote", de Mons. Ottavio Michelini

Fonte: http://www.santisimavirgen.com.ar/michelini/mensajes.htm

 
 
 

Artigo Visto: 996 - Impresso: 16 - Enviado: 1

 

 
     
 
Total Visitas Únicas: 3.143.576 - Visitas Únicas Hoje: 294 Usuários Online: 122